Grupo do Whatsapp Cuiabá
Food

Qual a importância da alimentação aos 40 anos para a qualidade de vida aos 70?

2024 word1

Um baseado em dados coletados ao longo de mais de 30 anos demonstrou que a adoção de uma dieta saudável a partir dos 40 anos ajuda a envelhecer de forma saudável e a manter condição física, cognitiva e mental até os 70 anos ou mais.

O estudo, que revela a estreita ligação entre a dieta na meia-idade e o envelhecimento saudável, foi conduzido por pesquisadores da Universidade de Harvard e apresentado em 2 de julho na Nutrition 2024, reunião anual da Americana de Nutrição, em Chicago.

A pesquisa, baseada em dados de mais de 100 mil pessoas ao longo de 30 anos, mostrou que aqueles que seguiram uma dieta saudável a partir dos 40 anos de idade tinham entre 43% e 84% mais chances de funcionar bem física e mentalmente aos 70 anos, em comparação com aqueles que não seguiram.

“As pessoas que seguiam padrões alimentares saudáveis na meia-idade, especialmente aqueles ricos em frutas, vegetais, grãos integrais e gorduras saudáveis, tinham muito mais probabilidade de envelhecer de forma saudável, sugerindo que o que você come na meia-idade pode desempenhar um papel importante na forma como você envelhece”, diz Anne-Julie Tessier, pesquisadora da Harvard School of Public Health.

Embora muitos estudos anteriores tenham demonstrado que uma dieta saudável pode a prevenir doenças crônicas, a pesquisa é única em seu foco no envelhecimento saudável, definido não apenas como a ausência de doenças, mas como a capacidade de viver de forma independente e desfrutar de uma boa qualidade de vida à medida que envelhecemos.

Taxas de envelhecimento saudável

Os pesquisadores analisaram dados de mais de 106 mil pessoas desde 1986. Os participantes tinham pelo menos 39 anos de idade e estavam livres de doenças crônicas no início do estudo e forneceram informações sobre sua dieta por meio de questionários a cada quatro anos.

Até 2016, quase metade dos participantes do estudo havia morrido e apenas 9,2% sobreviveram até os 70 anos ou mais mantendo a ausência de doenças crônicas e boa saúde física, cognitiva e mental.

A equipe comparou as taxas de envelhecimento saudável entre as pessoas com as taxas mais altas e as mais baixas de adesão a cada um dos oito padrões alimentares saudáveis definidos por estudos científicos anteriores.

Os participantes no índice mais alto desse padrão alimentar tinham 84% mais chances de alcançar um envelhecimento saudável do que aqueles no índice mais baixo.

As ligações entre dieta e envelhecimento saudável permaneceram fortes mesmo quando os investigadores levaram em conta outros fatores conhecidos por influenciarem a saúde, como prática de atividades físicas.

Fonte: uol

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.