Agronegócio

USDA deve reduzir estimativas de produção de soja e milho nos EUA: o que esperar?

2024 word3

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) deverá anunciar uma leve redução nas estimativas de produção de soja e milho para a safra 2024/25 na próxima quarta-feira (12), conforme apontam analistas consultados pelo Wall Street Journal.

Projeções de Produção de Soja e Milho

Espera-se que a produção de soja seja revisada de 4,450 bilhões para 4,444 bilhões de bushels, o que corresponde a uma redução de 121,12 milhões para 120,96 milhões de toneladas. Para o milho, a expectativa é de que a projeção caia de 14,860 bilhões para 14,845 bilhões de bushels, equivalente a uma diminuição de 377,44 milhões para 377,06 milhões de toneladas.

Estimativas de Produção de

A produção total de trigo nos EUA para 2023/24 deverá ser estimada em 1,887 bilhão de bushels (51,36 milhões de toneladas), superando a previsão anterior de 1,858 bilhão de bushels (50,57 milhões de toneladas). Para a safra de inverno, a estimativa será elevada de 1,278 bilhão para 1,307 bilhão de bushels (34,78 milhões para 35,57 milhões de toneladas).

Estoques Finais nos EUA

Os estoques de soja ao da temporada 2024/25 devem aumentar de 445 milhões para 455 milhões de bushels (12,11 milhões para 12,38 milhões de toneladas). Para o milho, a projeção é de uma nos estoques finais de 2,102 bilhões para 2,048 bilhões de bushels (53,39 milhões para 52,02 milhões de toneladas). No do trigo, a expectativa é que os estoques finais subam de 766 milhões para 782 milhões de bushels (20,85 milhões para 21,28 milhões de toneladas).

Para a temporada 2023/24, a previsão é que as reservas de soja aumentem de 340 milhões para 348 milhões de bushels (9,25 milhões para 9,47 milhões de toneladas), enquanto os estoques finais de milho deverão ser ajustados de 2,022 bilhões para 1,984 bilhão de bushels (51,36 milhões para 50,39 milhões de toneladas). A estimativa para os estoques de trigo será ajustada de 688 milhões para 690 milhões de bushels (18,73 milhões para 18,78 milhões de toneladas).

Estoques Globais

Os analistas acreditam que os estoques globais de soja ao fim de 2024/25 serão reduzidos de 128,5 milhões para 127,8 milhões de toneladas. Para o milho, a previsão é de uma leve diminuição de 312,3 milhões para 311,3 milhões de toneladas. No caso do trigo, espera-se uma redução de 253,6 milhões para 252 milhões de toneladas.

Para a safra 2023/24, os estoques globais de soja deverão cair de 111,8 milhões para 110,8 milhões de toneladas. Os estoques de milho devem ser ajustados de 313,1 milhões para 311,5 milhões de toneladas, e as reservas de trigo deverão diminuir de 257,8 milhões para 257,3 milhões de toneladas.

Produção na América do Sul

Para o Brasil, a estimativa de produção de soja em 2023/24 deverá ser cortada de 154 milhões para 151,8 milhões de toneladas. Na Argentina, a projeção deverá ser reduzida de 50 milhões para 49,8 milhões de toneladas. A produção de milho no Brasil também deve ser ajustada de 122 milhões para 121 milhões de toneladas, enquanto a estimativa para a safra argentina será reduzida de 53 milhões para 51,2 milhões de toneladas.

Essas revisões refletem as análises mais recentes sobre as condições climáticas e de mercado, fornecendo um atualizado sobre a produção global.

Fonte: portaldoagronegocio

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.