Grupo do Whatsapp Cuiabá
Agronegócio

Como otimizar a qualidade da pastagem com protocolo de adubação

2024 word2

Com o Programa Pasto Forte da Harvest Agro, o agropecuarista José Cardoso Neto tem promovido mudanças significativas em suas propriedades, especialmente na fazenda localizada em Lábrea, Amazonas. Neto, que também possui propriedades em Foz do Iguaçu e Centenário do Sul, no Paraná, e em Mbaracayú, Paraguai, dedicou-se ao cultivo de grãos e à pecuária, realizando o ciclo completo com raças de bovinos Nelore, Angus e Braford, focando na qualidade da carne.

Com uma média de abate de sete mil cabeças por ano, a atenção à pastagem tornou-se essencial na estratégia de produção de feno e ganho de peso do rebanho. O protocolo de adubação da Harvest Agro, conhecido como Programa Pasto Forte, visa aumentar a oferta de capim e seus níveis nutricionais de forma sustentável, promovendo ganho de peso eficiente para os animais.

Impacto Positivo na Fazenda

Implementado em uma área de 500 hectares na fazenda do Amazonas, o protocolo apresentou resultados notáveis. “A seca prolongada nos fez esperar pela chuva para iniciar a aplicação dos produtos. Quando a chuva chegou, a mudança na pastagem foi significativa”, comenta Neto. Ele ressalta que a qualidade do capim melhorou visivelmente, com folhas mais largas e maior massa. “Com a melhora do pasto, ele dura mais, fica mais robusto e menos suscetível a invasoras. Em tempos de baixa no preço da arroba, é crucial investir de forma inteligente, e cuidar do pasto é essencial para garantir alimento barato e de qualidade para os animais”, explica o produtor.

Benefícios do Programa Pasto Forte

O Programa Pasto Forte oferece diversos benefícios, como o aumento da massa seca e dos elementos nutricionais na folha, e um custo reduzido em comparação a outras tecnologias. Além disso, o programa promove um efeito antiestresse no pasto devido ao balanço de aminoácidos livres e à produção de fitoalexinas, hormônios tanino e lignina, que desintoxicam a planta após estresse por herbicidas e seca.

Luiz Vezozzo, gerente de pastagem na Harvest Agro, destaca que o protocolo melhora a mobilidade de nutrientes, favorecendo sua distribuição nas plantas e resultando em pastagens mais saudáveis e produtivas. “Nosso protocolo também proporciona maior compatibilidade de mistura no pulverizador, melhor enraizamento e crescimento inicial, resultando em plantas mais altas e com maior massa de peso, trazendo mais lucratividade ao agropecuarista”, afirma Vezozzo.

Composição e Eficácia do Programa

O Pasto Forte é composto por produtos: Stimullum, Impact, Pasto Max, Guepardo e N32. “Nosso programa é completo, incluindo cinco macronutrientes, sete micronutrientes, além de uma cadeia completa de aminoácidos e extrato de algas, garantindo um efeito residual após o primeiro corte”, explica Vezozzo. Este efeito é crucial, pois no modelo tradicional, onde se aplica apenas ureia, o efeito nutricional das plantas é perdido após o primeiro corte. Com o Pasto Forte, o sistema radicular da forragem libera novas radicelas, promovendo de forma residual o ciclo positivo da pastagem.

Outra vantagem do protocolo é o resultado rápido. “Em 40 dias, é possível voltar os animais ao pasto tratado. A absorção dos nutrientes pelas plantas é mais eficaz devido à tecnologia adotada, uma solução que poucas empresas oferecem”, conclui Vezozzo.

Fonte: portaldoagronegocio

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.