Política

Administração municipal de Várzea Grande negligenciou a cultura local, afirma Flávia Moretti.

2024 word3

“Uma cidade com mais de 300 mil habitantes não tem um teatro municipal para levar cultura à sua população, não tem agenda cultural contínua, que proporcione lazer e entretenimento para sua população, isso é lamentável”, disparou a pré-candidata à prefeitura de Várzea Grande, Flávia Moretti (PL), sobre a falta de opção cultural no município. A declaração da liberal veio após questionamento em entrevista no Ponto de Vista, da TV Cidade Verde, pelo apresentador Onofre , sobre a pasta da Cultura em Várzea Grande.

“Não é possível que nossas não possam viver a experiência de acompanhar uma peça de teatro. A Secretaria de Cultura precisa de um olhar diferente, precisa ser levada a sério, e entregar programação cultural e entretenimento para a população de forma regular e cotidiana, não dá para continuar está”, completou Flávia.

Ainda durante a entrevista, Flávia foi indagada sobre o trabalho direcionado para pessoas que necessitam de atenção especial, e a liberal destacou a falta de atendimento para famílias que possuem crianças atípicas e necessitam de cuidados médicos específicos.

“Eu conheci o caso de uma mãe que precisa consultar o filho com neurologista em Cuiabá porque Várzea Grande não tem esse atendimento, e quando ela precisa do remédio, a farmácia pública do município fornece dose suficiente apenas para dois meses, enquanto o recomendado pelo médico é de seis meses, isso não tem lógica. Mas infelizmente esse é o retrato da saúde pública de Várzea Grande, onde não há acompanhamento para determinadas questões mé e não há atendimento preventivo para a população”, pontuou.

Fonte: odocumento

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.