Mundo

Vice-presidente do Malaui morre em queda de avião militar: Governo confirma o trágico acidente.

2024 word2

O governo do Malaui, paí localizado no sudeste da África, informou que um avião militar com o vice-presidente Saulos Klaus Chilima desapareceu nesta segunda-feira, 10. A aeronave, que transportava outras nove pessoas, viajava da capital, Lilongwe, para Mzuzu.

O presidente do país africano, Lazaruz McCarthy Chakwera, confirmou nesta terça-feira, 11, que a aeronave caiu e não houve sobreviventes.

O avião, das Forças de Defesa do Malawi, deixou a capital Lilongwe às 9h17 (14h17 em Brasília) de segunda-feira e deveria ter chegado ao aeroporto de Mzuzu às 10h02 (15h02 em Brasília), mas isso não aconteceu.

Operações de busca

As buscas foram feitas em um raio de 10 km em uma reserva florestal. A baixa visibilidade impediu o pouso em Mzuzu, e a aeronave foi instruída a retornar à capital. O contato foi perdido depois dessa ordem.

O Malaui solicitou ajuda de países vizinhos, além dos Estados Unidos, do Reino Unido, da Noruega e de Israel.

Chilima era cotado para a Presidência nas eleições de 2025. Ele foi preso em por corrupção, mas negou as acusações.

Sobre o Malaui

Com população de 20 milhões de habitantes, o Malaui faz fronteira com Moçambique, Zâmbia e Tanzânia. O país ocupa a 172ª posição no IDH global, com 0.508. Na comparação, o Brasil está na 89ª posição, com 0.760.

Notícia atualizada às 8h40 para confirmar a morte do vice-presidente

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.