Grupo do Whatsapp Cuiabá
Política

Sérgio Ricardo alerta: descumprimento de TAC pode resultar em nova intervenção na Saúde de Cuiabá

2024 word1
CRM Com Automação Canal Mídia

2024 word1

Conteúdo/ODOC – O do Tribunal de do Estado (TCE-MT), conselheiro Sérgio Ricardo, voltou a afirmar à imprensa que o não cumprimento do TAC da saúde pode ocasionar em penalidade à gestão do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro. Ele citou que a prefeitura já tentou derrubar o TAC e advertiu que o não cumprimento pode ocasionar nova intervenção na saúde e até mesmo uma intervenção geral da gestão.

“Não obedeceu, tem a penalidade. Não havendo cumprimento do TAC, pode haver nova intervenção, inclusive, intervenção geral da gestão”, disse em à imprensa durante no Hospital São Benedito.

“A prefeitura já tentou três vezes derrubar o TAC. O TAC não é rascunho, não foi escrito na noite, foram meses de estudo, de análise de resultado, nós não estamos brincando”, disse o presidente do TCE-MT.

Conforme Sérgio Ricardo, “esse TAC não é para o atual gestor, é para todos os prefeitos que virão daqui pra frente. Nós não vamos mais admitir essa situação que já enfrentamos na saúde. Existe uma cartilha, um tratado. O que está escrito naquele TAC não é só para essa gestão atual, é para todas as gestões que virão. Ninguém vai mais morrer na fila, não vai mais faltar medicamento, porque não falta dinheiro. Nunca faltou dinheiro para saúde, o que tem faltado ao longo dos anos é gestão”, afirmou.

“O descumprimento dessa decisão pode abrir margem, inclusive, em um cenário mais drástico, a uma nova intervenção não só na saúde, pode ser uma intervenção total. Espero não ter um pedido como esse”, alertou Sérgio Ricardo.

Fonte: odocumento

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.