Grupo do Whatsapp Cuiabá
Política

Políticos de Mato Grosso ajudam moradores de Cáceres após alagamentos: mostramos como essa solidariedade pode trazer esperança e renovação

2024 word3
CRM Com Automação Canal Mídia

2024 word3

Conteúdo/ODOC – Políticos e autoridades de Mato Grosso manifestaram apoio e solidariedade por meio das redes sociais aos moradores de Cáceres, (a 225 km de Cuiabá), após a intensa chuva que assolou a no último sábado (10), deixando mais de sete mil pessoas desabrigadas na região. O prefeito em , Odenilson José da Silva, conhecido como Dr. Odenilson (), decretou situação de calamidade pública após os estragos por conta dos alagamentos.

De acordo com a Defesa Civil, em apenas um dia, o volume de chuva que atingiu a cidade foi equivalente ao esperado para todo o ano. No Instagram, o governador Mauro Mendes (UB) afirmou que o governo está em ação para auxiliar a população e disponibilizou o prédio da Escola Técnica Estadual para servir como centro de recebimento de doações e abrigo.

“Amanhã, equipes da Secretaria de Assistência Social, a pedido da primeira-dama Virgínia Mendes, estarão no município para levar alimentos, leite e ajudar as famílias desabrigadas. A Defesa Civil Estadual também está atuando em Cáceres e irá ajudar a mapear a situação. Seguimos em oração e trabalhando para ajudar essas famílias”, publicou o governador.

O chefe da Casa Civil, Fábio Garcia (UB), assegurou em sua conta no Instagram que o Governo está à disposição do município. “Quero, primeiramente, expressar minha solidariedade a todas as famílias atingidas por essa intensa chuva e que foram desabrigadas. A Defesa Civil está acompanhando de perto o incidente e realizando levantamentos para atender as famílias afetadas. Podem contar conosco”, afirmou.

O senador Wellington Fagundes (PL), também usou as redes para expressar seu apoio aos moradores do município e divulgou pontos de apoio para os residentes atingidos pela tragédia. “Neste momento difícil, coloco-me à disposição para ajudar no que for possível. Vamos juntos superar essa situação e oferecer apoio às famílias desabrigadas. Para quem precisa de ajuda ou deseja contribuir, o ponto de apoio na Escola Técnica Estadual está disponível. Agora é hora de unir forças para ajudar a amenizar o estrago causado”, escreveu.

A senadora Margareth Buzetti (PSD), comunicou que entrou em contato com a prefeita Eliane Liberato para prestar solidariedade e informando que irá buscar meios em Brasília para ajudar a cidade. “Amigos, acabei de conversar com a prefeita, sobre a dramática situação que os moradores estão vivendo após as fortes chuvas de sábado. Ela me informou que já foi decretado o estado de calamidade e eu prontamente coloquei meu gabinete em alerta para ajudar no que for preciso junto aos ministérios em Brasília”.

O senador Jayme Campos (UB), que estará sexta-feira, 16, na cidade para reunião com a prefeita Eliene Dias e demais autoridades do município. O encontro será para definir estratégias de auxílio a população atingida e também para recuperação dos estragos.

“Em Brasília vamos buscar todo o apoio que a população de Cáceres precisa” – disse Jayme Campos, que deve acionar o Ministé da Integração Nacional para garantir recursos para reestrutuação da cidade.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (UB), afirmou estar monitorando de perto os estragos causados pela chuva, que alagou diversos bairros e afetou 7 mil moradores. “Vamos unir esforços para atender os desabrigados e minimizar os impactos da na cidade”.

A vice-presidente da Casa das Leis, deputada Janaína Riva (MDB), também se pronunciou nas redes sociais, informando que estava protocolando um documento na assembleia solicitando a formação de uma força-tarefa entre as secretarias para oferecer todo o suporte necessário à prefeitura no acolhimento dos afetados e na reconstrução das áreas danificadas. “Estamos acompanhando com preocupação as consequências da chuva que atingiu Cáceres ontem, deixando dezenas de famílias desabrigadas e causando muitos prejuízos materiais. Graças a Deus, não há notícias de mortos ou feridos”, manifestou.

Fonte: odocumento

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.