Grupo do Whatsapp Cuiabá
Política

Ibama agiliza análise para licença de MT no Portão do Inferno: saiba mais!

2024 word1
CRM Com Automação Canal Mídia

Conteúdo/ODOC – O presidente do IBAMA, Rodrigo Antonio de Agostinho Mendonça, afirmou após reunião com o Governo do Estado nesta terça-feira (2), em Brasília, que o órgão irá analisar a emissão das licenças ambientais para realização da obra de retaludamento das encostas do Portão do Inferno, na MT-251, estrada que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães.

“O governador apresentou ou , a equipe do governo já protocolou o plano executivo dessa obra. Nossa equipe já esta analisado, vamos consultar o ICMBIO para que possamos dar uma resposta o mais breve possível. Pode contar com toda nossa atenção que esse caso merece”, disse Agostinho.

A MT-251 é uma estrada-parque administrada pelo Governo do Estado, mas todo o seu entorno faz parte do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, uma área federal, o que é o motivo do impasse para início das obras. O projeto consiste em retirar as encostas do Portão do Inferno para zerar os deslizamentos e permitir um novo traçado da rodovia, com mais segurança.

Segundo o Governo, essa seria a solução mais viável e rápida, com previsão de três meses de duração. Também mais barata. O retaludamento é considerada uma solução aplicável para qualquer tipo de rocha ou solo e adaptável a todas as situações de esforços, sendo utilizado em larga escala para contenção de taludes que correm risco de deslizamento.

Também estiveram presentes na reunião, o chefe da Casa Civil, Fábio Garcia, os deputados estaduais Valdir Barranco, Carlos Avallone e Júlio Campos, além do prefeito de Chapada dos Guimarães, a ex-deputada   e o senador Jayme Campos.

Trata-se de um processo de terraplanagem através do qual se alteram, por cortes ou aterros, os taludes originalmente existentes em um determinado local para se conseguir uma estabilização do mesmo.

Há meses sob situação de emergência, com tráfego de veículos controlados, a situação da rodovia tem causado transtorno aos viajantes e, principalmente, para moradores e comerciantes da cidade.

Fonte: odocumento

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.