Grupo do Whatsapp CuiabĂĄ
Mundo

Estudantes decifram pergaminhos carbonizados de 2 mil anos com IA e ganham prĂȘmio

2024 word1
CRM Com Automação Canal Mídia

Usando InteligĂȘncia Artificial (IA), estudantes de CiĂȘncia da Computação conseguiram decifrar pergaminhos carbonizados de mais de 2 mil anos.

Luke Farritor, Youssef Nader e Julian Schilliger foram os responsĂĄveis por vencer, em 1° lugar, o Grande PrĂȘmio do Vesuvius Challenge. Juntos, os estudantes conseguiram ler uma parte dos Papiros de Herculano, que consistem em cerca de 800 pergaminhos gregos carbonizados durante a erupção, em 79 DC.

IlegĂ­vel, o papiro estava sem condiçÔes de ler. A tĂ©cnica usada foi um com inteligĂȘncia artificial. Identificando alteraçÔes de textura na superfĂ­cie do pergaminho, os trĂȘs conseguiram descriptografar 5% do pergaminho.

Desafio inicial

No ano passado, Luke Farritor, de 21 anos, estudante de Computação de Nebraska-Lincoln, Estados Unidos, desenvolveu um algoritmo utilizando IA.

Com o método, ele conseguiu decifrar a primeira letra grega do papiro.

A primeira identificada era ‘roxo’. O papiro estava sem condiçÔes de ler desde uma erupção vulcĂąnica na cidade romana de Herculano.

Assim, Luke ganhou o prĂȘmio inicial da Vesuvius Challenge, mas ele queria mais.

Esforços conjuntos

Para a grande final, Luke se juntou a outros dois amigos. Youssef Nader, estudante de doutorado em Berlim, e Julian Schilliger, estudante suíço de robótica, completaram o trio.

Os trĂȘs uniram um pouquinho do conhecimento de cada um e o resultado foi incrĂ­vel.

Segundo os organizadores da competição, o pergaminho decifrado pelos trĂȘs, provavelmente, Ă© do filĂłsofo Filodemo.

Leia mais notĂ­cia boa

Grande final

Agora, mais preparados, eles continuaram a usar a tĂ©cnica e enviaram a para concorrer ao prĂȘmio mĂĄximo, de 700 mil dĂłlares (prĂłximo de R$ 3,48 milhĂ”es).

A submissĂŁo dos trĂȘs envolveu resultados de trĂȘs arquiteturas de diferentes. Cada um apoiava as descobertas das outras.

“AlĂ©m da detecção de tinta incomparĂĄvel, o trabalho vencedor continha a abordagem de segmentação automĂĄtica mais forte que vimos atĂ© agora”, disse a organizadora do evento em comunicado.

O tema do pergaminho também foi apresentado.

“O tema geral do texto Ă© o prazer, que, bem compreendido, Ă© o bem maior na filosofia epicurista. Nestes dois trechos de duas colunas consecutivas do pergaminho, o autor se preocupa em saber se e como a disponibilidade de bens, como alimentos, pode afetar o prazer que eles proporcionam”, disseram em comunicado.

 

Luke jĂĄ havia ganhado o desafio inicial, agora, junto com os amigos, eles ganharam o prĂȘmio final! Foto: Scrollprize.

Luke jĂĄ havia ganhado o desafio inicial, agora, junto com os amigos, eles ganharam o prĂȘmio final! Foto: Scrollprize.

Com informaçÔes de Scroll Prize.

Fonte: sonoticiaboa

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidåria que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.