Grupo do Whatsapp Cuiabá
Política

Portal do Governo Lula destaca ações inovadoras no Rio Grande do Sul

2024 word3

O governo Luiz Inácio Lula da Silva lançou, nesta terça-feira, 14, o portal Unidos Pelo RS, que centraliza informações, serviços e notícias sobre o apoio ao Rio Grande do Sul, afetado por fortes chuvas nas últimas semanas. A página compila dados sobre a ajuda do Planalto ao Estado gaúcho, detalhados por órgão e finalidade.

É possível consultar o investimento total do governo Lula para a região, o número de hospitais de campanha e a quantidade de doações transportadas, além dos equipamentos e profissionais mobilizados para enfrentar a tragédia. A ferramenta também oferece orientações sobre como ajudar os atingidos, com informações sobre o que e como doar.

“A situação de calamidade no Rio Grande do Sul exige, além do trabalho conjunto de todo o governo, o reconhecimento à solidariedade da população brasileira”, afirmou Márcio Macêdo, ministro da Secretaria-Geral da Presidência. O site está hospedado na Brasil Participativo, coordenada pela pasta.

Na página, é possível acompanhar os de mortes, pessoas e animais resgatados, desalojados e pessoas em abrigos, além dos municípios afetados. Também reúne boletins informativos sobre a força-tarefa para a recuperação do Estado e o atendimento às prefeituras.

O governo informou que um dos focos é evitar a propagação de desinformação. “Com o lançamento do portal, o às fake news torna-se ainda mais efetivo, uma vez que a sociedade e a imprensa em geral contam agora com mais um canal oficial de informações atualizadas e precisas”, diz o governo, em nota.

Entre os serviços destinados aos gaúchos há previsões de inundação e do tempo, além do nível dos rios e acesso ao monitoramento hidrológico. Estão disponíveis ainda alertas de riscos e imagens de satélite.

É possível acessar informações sobre adiantamento de Bolsa Família, FGTS-Calamidade, de Imposto de Renda, salarial, seguro-desemprego, além da suspensão das parcelas do Minha Casa Minha Vida.

O site também reúne os telefones de canais de emergência oficiais, como Direitos Humanos (100), Central de Atendimento à Mulher (180), Bombeiros do Rio Grande do Sul (193) e Polícia Militar (190).

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.