Grupo do Whatsapp Cuiabá
Política

Eduardo Leite pede desculpas por fala polêmica sobre doações ao comércio em vídeo

2024 word3

O governador do Rio do , Eduardo Leite (PSDB), usou as redes sociais nesta quarta-feira, 15, para pedir desculpa por uma declaração feita em entrevista à rádio BandNews FM no dia anterior. Na ocasião, Leite havia expressado preocupação sobre o possível impacto que grandes volumes de doações físicas poderiam ter no comércio do Estado.

“Quando há um volume tão grande de doações físicas, há um receio sobre o impacto que isso terá no comércio local”, afirmou o governador. “Reerguer esse comércio fica mais difícil à medida que você tem uma série de itens vindos de outros lugares do país”.

Em sua retratação, o governador agradeceu a todos pela solidariedade demonstrada em favor da população gaúcha. Ele explicou que, ao mencionar a situação dos pequenos , acabou misturando essa questão com a das doações. Também esclareceu que não teve, em nenhum momento, a intenção de inibir nem desprezar as doações que o Rio Grande do Sul tem recebido do Brasil e de diversos países para a reconstrução do Estado.

“Antes de mais nada, o meu agradecimento a todos pela gigantesca mobilização e solidariedade em favor do povo Gaúcho”, ponderou. “Peço que entendam, entre tantas preocupações que a tragédia nos traz, tem também a situação dos nossos pequenos comerciantes. Ao falar sobre essa situação, acabei misturando com a questão das doações”, justificou.

Leite disse ainda que o impacto no comércio local será uma preocupação para outro momento, e agora, “durante essa onda de solidariedade que está nos abraçando”.

O governador também destacou o desafio que é lidar com a complexa com relação às inúmeras doações que não param de chegar e fazer com que elas alcancem a população local que mais precisa. Também falou da dificuldade que será para o Estado encontrar mecanismos para ajudar os comerciantes a se reerguerem.

Ele ressaltou a importância de garantir que esses itens alcancem aqueles que realmente necessitam. Também mencionou que a tarefa de gerenciar essa logística é uma das principais preocupações do seu governo neste momento.

“As últimas semanas têm sido brutais para todos nós, e ninguém está livre de errar”, afirmou.

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.