Política

Descubra: Eleições 2024 podem ter 2º turno em todas as capitais do Brasil pela primeira vez!

2024 word1

As eleições municipais de 2024 trarão uma novidade: todas as capitais poderão ter segundo turno pela primeira vez. Mais de cem cidades terão essa mesma possibilidade. Isso ocorre porque esses municípios superam os 200 mil eleitores, o que possibilita a escolha dos prefeitos em duas etapas. O levantamento foi divulgado pelo jornal Folha de .Paulo nesta segunda-feira, 10.

Desde 1996, o número de cidades aptas a realizar o segundo turno aumentou significativamente. Naquele ano, eram 47 municípios. Em 2024, 102 cidades estarão nessa situação. Já em 2020, na última eleição , foram 95 cidades com possibilidade de dois turnos.

Segundo o , todas as capitais brasileiras terão segundo turno neste ano. Palmas, que em 2020 tinha cerca de 180 mil eleitores, agora conta com 207 mil. Outras cidades, como Embu das Artes, Sumaré, Camaçari, Foz do Iguaçu, Magé e Imperatriz, também entraram na lista.

Os dados de 2024 ainda estão sendo consolidados pelo , mas a lista de municípios com potencial segundo turno nas eleições de 2024 pode variar. A conclusão do alistamento ocorreu em 8 de maio, e as atualizações ainda estão em andamento.

As 102 cidades representam mais de 60 milhões de eleitores, aproximadamente 39% do total de quase 155 milhões no Brasil. Sudeste e Nordeste lideram, com 53 e 20 cidades, respectivamente. O Sul tem 15 municípios, seguido pelo Norte, com nove, e o -Oeste, com cinco.

A única região sem aumento de cidades elegíveis para segundo turno é o . Desde 2004, Aparecida de Goiânia e Anápolis se juntaram às capitais na lista de cidades com potencial segundo turno.

O Distrito Federal não está incluso, pois não realiza eleições municipais. No DF, são eleitos o governador e os deputados distritais nas eleições gerais. Desde 1996, o número de municípios com potencial segundo turno mais que dobrou.

Governador Valadares é a única cidade que perdeu eleitores, caindo de quase 214 mil, em 2020, para 198 mil, até abril deste ano. Com ações para impulsionar o alistamento, a cidade ainda pode voltar a ter dois turnos.

No Norte, o número de cidades passou de duas para nove — um aumento de 350%. Além das capitais Belém e Manaus, Ananindeua e Santarém, no Pará, que estão na lista.

A polarização política entre o Partido dos Trabalhadores (PT) e Partido Liberal (PL) deve se refletir nessas cidades. Em 2022, Jair Bolsonaro venceu em 69 delas no segundo turno, enquanto Luiz Inácio Lula da Silva ganhou em 33. Mesmo com vitória nessas cidades, Bolsonaro precisaria de melhor desempenho para se reeleger.

Nas eleições de 2022, Lula conseguiu virar alguns municípios que o PT havia perdido em 2018, como São Paulo. Na capital paulista, Bolsonaro venceu com 60,3% contra 39,6% de Haddad. Contudo, Lula recuperou a cidade, ganhando com 53,5% a 46,5%.

O ex-presidente Bolsonaro ampliou sua votação no Amapá e em 251 cidades onde Lula havia vencido no primeiro turno. No geral, reduziu a desvantagem de 6,2 milhões para 2,1 milhões de votos entre os dois turnos.

Apesar do crescimento, Bolsonaro não conseguiu garantir a reeleição.

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.