Grupo do Whatsapp Cuiabá
Notícias

Juiz determina apreensão da caminhonete de pecuarista que causou acidente fatal em idosos em Mato Grosso

2024 word3
CRM Com Automação Canal Mídia

Conteúdo/ODOC – O João Zibordi Lara, da Segunda Vara da Comarca de Peixoto de Azevedo, determinou a busca e apreensão da caminhonete Ford Ranger usada na fuga dos autores do ataque a uma residência que terminou com dois mortos na cidade, no mê .

A decisão foi publicada nesta quarta-feira (15) e atendeu uma ação de cobrança do banco responsável pelo financiamento do veículo, , por inadimplência por parte da pecuarista Inês Gemilaki, principal acusada do crime.

Ela, o filho, o médico Bruno Gemilaki Dal Poz, e o cunhado, Eder Gonçalves Rodrigues, estão presos. A caminhonete foi apreendida pela Polícia Civil.

Na ação, o banco afirmou que concedeu o financiamento do carro no valor de R$ 134,8 mil, que seriam pagos em oito prestações. Inês, no entanto, não cumpriu com as obrigações a partir de fevereiro de 2024.

“Verifica-se que a mora da parte ré ficou devidamente comprovada pela notificação extrajudicial realizada, conforme ID. 154108735, nos termos do Tema 1132 do C.STJ em sede de Recursos Repetitivos”, escreveu o magistrado.

“Deste modo, de rigor a concessão da medida de busca e apreensão, nos temos do artigo 3º, caput, do Decreto-Lei n. 911/69. Defiro a liminar de busca e apreensão”, decidiu.

O caso

O ataque ocorreu na tarde do dia 21 de abril. Toda ação foi filmada por câmeras de segurança e ganhou repercussão nacional.

Foram mortos os Pilson Pereira da Silva, de 65 anos, e Rui Luiz Bogo, de 57. O padre José Roberto Domingos e o dono da casa,  Enerci Afonso Lavall, principal alvo dos acusados, ficaram feridos.

A , segundo a Polícia, foi um desacordo referente a um contrato de locação. Inês morou no imóvel da vítima, que ajuizou uma ação de cobrança contra ela.

Fonte: odocumento

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.