Grupo do Whatsapp Cuiabá
Mundo

Crianças israelenses libertadas pelo Hamas: saiba mais sobre seu estado atual e bem-estar

2024 word2
CRM Com Automação Canal Mídia

O, em Tel-Aviv, Israel, divulgou o boletim com o estado de saúde dos ex-reféns que estão sendo tratados na unidade. Entre os pacientes, estão algumas devolvidas pelos terroristas do Hamas durante o cessar-fogo temporário. De acordo com os médicos, a maioria delas está em estado “razoável”.

Segundo o vice-diretor de medicina de emergência do hospital, prof. Zeltser, neste momento, estão sob seus cuidados, crianças e mulheres que foram libertadas desde as últimas 36 horas: “As crianças estão em condição física razoável”, disse. “A única exceção é uma menina que precisou de ortopédica e passou por cirurgia na noite passada (terça-feira, 28).”

+ Leia mais notícias do Mundo em Oeste

A citação de Zelter aponta para Yuval Engel, de 11 anos, de Nir Oz. Ela foi libertada do cativeiro em uma cadeira de rodas e teve a perna enfaixada. Sua mãe, Karina, de 51 anos, e sua irmã Mika, de 18 anos, também foram devolvidas pelos terroristas. As três estão internadas no Ichilov. O pai, Ronen, de 54 anos, ainda é do Hamas.

Segundo o , a cirurgia da menina foi bem-sucedida e ela já está se recuperando: “Ela está acordada, comeu e está conversando com sua família e ”.

Avigail Idan, israelense-norte-americana, de 4 anos, ex-refém do HamasAvigail Idan, israelense-norte-americana, de 4 anos, ex-refém do Hamas
A Menina Avigail Idan, Israelense-Norte-Americana, De 4 Anos, Já Recebeu Alta, Agora Órfã, Ela Está Sob Os Cuidados Dos Tios; Avigail Ficou Internada No Hospital Schneider, Para Crianças | Foto: Divulgação/Hospital Schneider

Sem entrar em detalhes, Zeltser contou que, embora as crianças estejam em condições razoáveis, elas enfrentam ainda vários desafios “médicos e psicossociais”. A maioria deverá receber alta nos próximos dias e continuar os tratamentos.

A menina Yuval, que passou pela cirurgia, permanecerá internada por mais tempo para fazer reabilitação física.

Crianças estão com e desnutrição

A chefe do departamento pediátrico do Ichilov, professora Ronit Lubetzky, informou que os menores perderam de 10% a 17% do peso corporal durante os mais de 50 dias em cativeiro. Ela acrescentou que a equipe médica está trabalhando para reintroduzir todos os “elementos nutricionais essenciais, incluindo as vitaminas”, nas dietas dos ex-reféns.

“Estamos elaborando planos nutricionais ótimos de longo prazo para as crianças e estaremos acompanhando isso regularmente”, disse.

Duas mulheres devolvidas na 5ª lista de reféns, também estão no hospital de Tel-Aviv

Na noite desta terça-feira, 28, duas mulheres chegaram ao hospital e passaram por uma série de testes médicos e avaliações psicológicas. Foi contatado que elas estão em condição física estável, embora ainda precisem ficar internadas.

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.