Grupo do Whatsapp Cuiab√°
Lifestyle

Santu√°rio de Aparecida transforma a vida de 3,5 mil pessoas com projetos sociais inovadores

2024 word3
CRM Com Automação Canal Mídia

A entrega de cestas básicas para algumas famílias carentes da cidade de Aparecida, em São Paulo, fez o Santuário perceber a necessidade de expandir os atendimentos. Por isso, em 2010 os voluntários iniciaram projetos para atender gestantes e idosos.

Siga o Sempre Dia de Ajudar no Instagram!

O h√°bito do Santu√°rio Nacional de Aparecida de auxiliar os necessitados n√£o √© recente. Afinal, Am√°bile L√ļcia Visintainer, tamb√©m conhecida por Santa Paulina, h√° quase 100 anos criou o Lar Nossa Senhora Aparecida, destinado a acolher e tornar-se moradia de idosas. Mas, al√©m de manter o Lar Nossa Senhora Aparecida aberto, a semente plantada no s√©culo passado cresceu e frutificou.

Hoje, o maior Santu√°rio do mundo dedicado √† Nossa Senhora, que est√° localizado no Vale do Para√≠ba, em S√£o Paulo, conta com 11 projetos sociais, duas obras filiais e sete entidades, conforme conta Any Renata de Freitas, coordenadora do N√ļcleo de Servi√ßo Social do Santu√°rio de Aparecida. Dentre mais de 20 iniciativas, algumas delas tem feito a diferen√ßa na vida de seus participantes, como:.

Trilhas do Viver

Criado em 2010, o projeto ajuda pessoas na , em situa√ß√£o de vulnerabilidade social. As atividades propostas promovem uma melhora na qualidade de vida e autoestima dos atendidos, por meio da prote√ß√£o b√°sica com atividades assistenciais, l√ļdicas e educativas.

Foi por causa dos amigos que Maria Donizetti da Silva Queir√≥z Lima, hoje com 67 anos, conheceu a oficina de dan√ßa do Trilhas do Viver, e recuperou a motiva√ß√£o e bem-estar que h√° tempos n√£o encontrava. ‚ÄúCom o envelhecimento, o idoso se sente sozinho, autoestima baixa, fica abalado f√≠sico e emocional. E, ap√≥s come√ßar a participar das aulas no projeto, o acolhimento dos profissionais e os amigos que criei fazem o dia ser diferente‚ÄĚ, compartilha ela, que roga a Deus sa√ļde para participar por muitos anos da oficina de dan√ßa.

Al√©m dessas atividades, o projeto, que hoje conta com 125 idosos, tamb√©m oferece atividades de oficinas de pintura, artesanato, bordado em pedrarias, inform√°tica, arte e costura, sempre as segundas, no per√≠odo matutino. ‚ÄúHoje sou uma pessoa feliz, por causa da socializa√ß√£o com os outros idosos. As atividades de lazer e eventos oferecidos como a dan√ßa, que amo, nos faz sentir importantes. As segundas-feiras se tornam especiais e transformadoras.‚ÄĚ, complementa Maria.

Colinho de M√£e

Iniciado com o projeto Trilha do Viver, o Colinho de Mãe também surgiu em 2010. Ele foi criado para atender mulheres com até quatro meses de , em estado de vulnerabilidade social e carência financeira, residentes nas cidades de Aparecida, Roseira e Potim, todas em São Paulo.

Atualmente, atendendo 160 gestantes, o projeto acompanha as m√£es at√© o nascimento de seus beb√™s, por meio do N√ļcleo Social, explica Any. ‚ÄúTemos por intuito transmitir no√ß√Ķes b√°sicas no per√≠odo da gesta√ß√£o com palestras mensais, abordando assuntos como puerp√©rio, amamenta√ß√£o, cuidados com o rec√©m-nascido e fortalecimento dos v√≠nculos afetivos entre m√£e e filho‚ÄĚ, complementa.

A m√£e de primeira viagem, Viviane dos Santos Pereira, gestante com 24 semanas, sentiu-se amparada ao ouvir o depoimento de outras m√£es do projeto que, gr√°vidas do segundo ou terceiro filho, a ajudam a entender o dom da maternidade. ‚ÄúL√° tenho muito , contribuindo principalmente para m√£es como eu, pela primeira vez. Al√©m disso, os profissionais s√£o atenciosos, acolhedores e nos ajudam durante e p√≥s gesta√ß√£o‚ÄĚ, complementa.

Ainda, mensalmente é repassada uma cesta básica para cada mãe atendida, de acordo com a sua participação no projeto. E ao final da gestação elas recebem um enxoval para o bebê.

Acolher Bem

Anos mais tarde, em 2013, foi implantado o projeto Acolher Bem, que oferece aos maiores de 18 anos a oportunidade de inser√ß√£o no mercado de trabalho e integra√ß√£o no meio social, por meio da forma√ß√£o profissional √≠ntegra. ‚ÄúCom isso muitos recuperam sua autoestima, alcan√ßam um recurso financeiro familiar e consequentemente, a inclus√£o social‚ÄĚ, conta Any.

Certificada pelas institui√ß√Ķes SENAI e SENAC, a pessoa deve ter conclu√≠do, no m√≠nimo, o 6¬ļ ano do Ensino Fundamental para participar de cursos. S√£o oferecidos os cursos de cozinheiro industrial, gar√ßom e gar√ßonete, assistente de recursos humanos, recepcionista, padeiro confeiteiro e camareira. Foi uma dessas oportunidades que impactou positivamente na vida de Nicolas Henrique dos Santos Coelho, que aos 18 anos finalizou o curso de gar√ßom e iniciou o de assistente de recursos humanos.

O entusiasmo e dedica√ß√£o dos participantes √© tamanho que, no decorrer do projeto, muitos participantes t√™m a oportunidade de serem contratados no com√©rcio ou rede hoteleira, como aconteceu com Nicolas, que encontrou a √°rea onde pretende atuar futuramente. ‚ÄúMe tornei uma pessoa mais adulta e respons√°vel‚ÄĚ, compartilha.

Todos podem ajudar

Embora n√£o exista atua√ß√£o direta de volunt√°rios nas obras sociais, j√° que contam com a ajuda dos colaboradores do Santu√°rio, todos podem contribuir com a manuten√ß√£o dos projetos. ‚ÄúMantidas financeiramente pela parceria com doadores, as obras atendem crian√ßas, jovens e idosos alcan√ßando 3,5 mil pessoas diretamente pelos projetos sociais e obras filiais. Tamb√©m, 150 mil pessoas s√£o atendidas indiretamente por meio das entidades mantidas pelo Santu√°rio‚ÄĚ, detalha a coordenadora. Quem deseja contribuir deve procurar a Fam√≠lia dos devotos, que √© a respons√°vel em manter todas as obras sociais.

Fonte: semprefamilia.com.br

Sobre o autor

Avatar de F√°bio Neves

F√°bio Neves

Jornalista DRT 0003133/MT - O universo de cada um, se resume no tamanho do seu saber. Vamos ser a mudança que, queremos ver no Mundo