Grupo do Whatsapp Cuiabá
Esportes

Corinthians vence e elimina Internacional na Supercopa Feminina: resultados e destaques

2024 word1
CRM Com Automação Canal Mídia
2024 word1

Em uma manhã de domingo que testou os limites físicos das atletas com temperaturas que beiraram os 40 graus, as Gurias Coloradas enfrentaram um desafio árduo no Beira-Rio contra o Corinthians pela Supercopa Feminina de 2024. A estreia da temporada não foi como o esperado para o Internacional, que sofreu uma derrota por 4 a 2, sendo eliminado nas quartas de final do torneio em um jogo que manteve os torcedores na ponta dos assentos até o último apito.

Com três novidades na formação inicial, fruto do planejamento do técnico Brenno Basso para esta temporada, a equipe do Inter contou com a participação de Mayara na meta, Thaíni na lateral e Katrine, recém-chegada do Palmeiras, reforçando o meio-. No entanto, apesar dos ajustes e da esperança renovada, o time não conseguiu superar a eficácia do Corinthians.

O jogo começou em alta intensidade, com o Corinthians tomando a iniciativa e quase abrindo o placar aos 4 minutos com Gabi Zanotti, que viu seu chute encontrar a trave. A pressão inicial das visitantes logo se transformou em vantagem quando, após um erro defensivo do Inter, Jaqueline aproveitou para marcar o primeiro gol da partida. A resposta do Inter foi rápida, com Priscila conquistando e convertendo um pênalti, igualando o marcador.

A partida continuou frenética, com o Inter virando o jogo temporariamente antes do Corinthians igualar e, posteriormente, assumir a liderança novamente. O calor extremo foi um adversário à parte, provocando uma parada técnica e a substituição de jogadoras afetadas pelas altas temperaturas.

Apesar de momentos de brilho individual e coletivo, o Inter viu suas esperanças de avançar na competição serem desfeitas com o quarto gol do Corinthians, marcado por Jheniffer nos acréscimos, selando o destino das Gurias Coloradas na Supercopa Feminina.

Este confronto não apenas reiterou a intensidade da rivalidade entre as duas equipes, como também destacou o desafio adicional imposto pelas condições climáticas extremas. Para o Internacional, é um momento de reflexão e reagrupamento, enquanto o Corinthians avança no torneio, fortalecido pela vitória e pela superação das adversidades.

O jogo, marcado por reviravoltas e pela incansável luta de ambas as equipes, promete ser um precursor de uma temporada altamente competitiva no futebol feminino brasileiro. A derrota, embora dolorosa, serve como aprendizado para as Gurias Coloradas, que agora voltam suas atenções para os próximos , visando fortalecer o time e buscar redenção nas futuras competições.

INTERNACIONAL 2 x 4 CORINTHIANS

INTER: Mayara; Tamara, Bruna Benites, Isa Haas e Thaíni (Zóio, no intervalo); Capelinha e Pati Llanos (Soll, 39’/1ºT), Katrine (Carlinha / 39’ 2ºT) , Letícia Monteiro (Analuyza / 44’ 2ºT); Belén Aquino e Priscila (Acuña, 44’/2ºT). Técnico: Brenno Basso. 

CORINTHIANS: Kemelli; Isabela, Tarciane, Mariza e Yasmin; Ju Ferreira, Gabi Zanotti (Vic Albuquerque, 31’/ 2ºT)e Duda Sampaio (Yaya, 10’ 2T) ; Gabi Portilho (Eudimilla, 31’/2ºT); Jaqueline (Carol Tavares/ 39’2ºT) e Millene (Jheniffer / 40’ 2ºT). Técnico: Lucas Piccinato.  

GOLS: Jaqueline (C), aos 6min do 1º Tempo; Priscila (I), aos 11min e aos 21min do 1º Tempo; Millene (C), aos 26min do 1º Tempo; Gabi Portilho (C), aos 41min do 1º Tempo; e Jheniffer (C), aos 48min do 2º Tempo 

CARTÕES AMARELOS: Mariza (C), Yaya (C), Gabi Portilho (C) 

ARBITRAGEM: Andreza Helena de Siqueira, auxiliada por Maira Mastella Moreira e Estefani Adriati Estrela da Rosa; 

PÚBLICO: 3.595 pessoas 

RENDA: R$ 17.955 

LOCAL: Beira-Rio, Porto Alegre



Fonte: odocumento

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.