Grupo do Whatsapp Cuiabá
Ciência & Saúde

‘Benefícios da Erva-Mate: Origem e 7 vantagens incríveis dessa planta medicinal’

2024 word2

A erva-mate, conhecida cientificamente como Ilex paraguariensis, vai além de uma simples bebida na América do Sul; ela é um emblema de bem-estar e tradição. Esta matéria do Fashion Bubbles irá revelar o processo de cultivo e a história enriquecedora da planta, destacando seu papel central não só no chimarrão e tereré, mas também como uma planta medicinal.

Você descobrirá os benefícios surpreendentes da erva-mate, que vão desde o aumento da energia e melhoria do foco mental até o reforço do sistema imunológico. Além disso, exploraremos sua significância econômica e cultural, mostrando como essa planta se entrelaça com a identidade sul-americana. Prepare-se para uma leitura que não só ampliará seu conhecimento sobre a erva-mate, mas também o conectará a uma tradição vivida por gerações.

O que é erva-mate?

A erva-mate, ou Ilex paraguariensis, é um tesouro verde sul-americano, conhecido também como chimarrão ou tereré, dependendo de como é consumida. Esta planta não é apenas uma bebida tradicional; é um convite à saúde e ao bem-estar, cultivada principalmente no Brasil, Argentina e Paraguai.

Tigela de madeira com erva-mate em mesa de madeira com tecido e colher de ferro com a erva também
Fonte:

Além disso, a origem de seu cultivo e consumo atravessam séculos, sendo parte integral da cultura e história dessas regiões. Portanto, ao saborear um mate, você não está apenas hidratando o corpo, mas também conectando-se com uma tradição que transcende gerações.

A história e antropologia da erva-mate

Você já ouviu falar da lenda da erva-mate? Ela revela uma história de amor, sacrifício e renovação. Um velho pajé, preocupado com seu sucessor e a tristeza de sua filha Caá-Yari, recebe de Tupã uma folha verde capaz de revigorar o corpo e a alma.

Assim, a bebida amarga tornou-se símbolo de amizade e consolo entre os guerreiros, entrelaçando destinos e fortalecendo laços. Esta planta, hoje conhecida como erva-mate, segue sendo um elo de união e tradição.

Agora, explorando a antropologia da erva-mate, descobrimos que esta planta é mais do que uma simples bebida. Lévi-Strauss, um renomado antropólogo, poeticamente descreveu-a como “amarga e cheirosa ao mesmo tempo, como uma floresta inteira concentrada em algumas gotas”, destacando-a como um rito social e vício privado.

Originária do Paraguai, a palavra “mate” vem do quechua, significando cabaça, enquanto os guarani a chamam de “caa”, evidenciando sua profunda conexão cultural.

Ademais, a história da erva-mate é marcada por tentativas de proibição, como em 1596, por Hernandárias, governador da Província do Paraguai. Contudo, essa proibição não deteve sua popularidade, ao contrário, reforçou seu papel na sociedade.

Além disso, os jesuítas, desde o século XVII, monopolizaram sua produção nas missões jesuíticas, consolidando ainda mais sua importância.

O ciclo da erva-mate

Descubra o fascinante mundo da erva-mate, uma planta que marcou a história e a economia do Sul do Brasil. Primeiramente, é essencial entender que o ciclo econômico desta planta, segundo o Cederva, não foi apenas um capítulo na história brasileira, mas uma era que definiu o desenvolvimento regional.

Plantação de árvore de erva-mate
Árvores de erva-mate. Fonte: Canva

Além disso, sua trajetória começa no século XIX, quando o Paraguai fechou suas portas ao comércio internacional, abrindo caminho para o Brasil se tornar o maior produtor mundial da Ilex paraguariensis.

Colheita de erva-mate: saco com galhos e folhas da planta
Colheita da erva-mate. Fonte: Canva

Então, surge a figura de Francisco de Alzagaray, um visionário que, em 1820, estabeleceu o primeiro engenho de processamento no , transformando a região no coração da produção mate.

Folhas e galhos de erva-mate triturados em saco de estopa
Erva-mate triturada. Fonte: Canva

Por fim, a demanda crescente e a inovação nos métodos de transporte, como a Estrada da Graciosa e a ferrovia Paranaguá-Curitiba, consolidaram o Paraná como líder indiscutível na produção e exportação da planta.

Ciclo de vida da erva-mate

Ficou curioso sobre o ciclo de vida da erva-mate? Agora, você pode descobrir! Veja abaixo as etapas incríveis que transformam a simples semente na erva que apreciamos:

Ilustração do ciclo de vida da erva-mate: plantio, crescimento, colheita, secagem, moagem e embalagem.
Fonte: Canva. Montagem: Laila Lopes

Benefícios da erva-mate para a saúde

A erva-mate, uma planta com um legado cultural rico e uma presença marcante no Sul do Brasil, não é apenas apreciada por seu sabor único.

Além disso, ela oferece uma variedade de benefícios para a saúde que podem surpreender até mesmo os mais fervorosos apreciadores do tradicional chimarrão. Então, segundos os estudos 1 e 2 sobre a planta, vamos explorar os 7 principais benefícios que fazem desta bebida um verdadeiro elixir da saúde.

1. Melhora a energia e o foco mental

A erva-mate contém cafeína, conhecida por seu efeito estimulante. Portanto, o consumo moderado pode aumentar a energia e a concentração, tornando-a uma excelente alternativa ao café.

Erva-mate espalhada em superfície de madeira com cuida de chimarrão ao lado
Fonte: Canva

Relacionadas

Relacionadas

2. Rica em antioxidantes

Esta planta está carregada de compostos antioxidantes, que combatem os radicais livres. Além disso, esses antioxidantes podem ajudar a prevenir doenças crônicas e melhorar a saúde geral do organismo.

3. Auxilia na digestão

Tradicionalmente usada para tratar problemas estomacais, a erva-mate estimula a produção de gástrico e biliar, assim, facilitando a digestão.

4. Propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas

Estudos sugerem que a erva-mate possui propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas, portanto, pode ajudar a combater infecções e reduzir a inflamação no corpo.

Erva-mate triturada de pertinho com raspas de laranja seca
Fonte: Canva

5. Suporte ao controle de peso

A erva-mate pode aumentar o metabolismo e a quantidade de calorias queimadas, ademais, tem sido associada à redução do apetite e à prevenção do ganho de peso.

6. Melhora a saúde cardiovascular

O consumo regular desta planta pode ter efeitos benéficos sobre o coração, pois, ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumenta o bom (HDL), além de melhorar a circulação sanguínea.

7. Fortalece o sistema imunológico

Rica em saponinas, a erva-mate fortalece o sistema imunológico, assim também, preparando o corpo para combater doenças.

Faz bem tomar mate todos os dias?

Incorporar o mate na rotina diária pode trazer benefícios significativos para a saúde, desde que consumido com moderação. Contudo, é importante lembrar que, como qualquer outra bebida que contém cafeína, o excesso pode levar a efeitos colaterais, como insônia ou nervosismo. Portanto, desfrutar de um ou dois mates por dia pode ser uma maneira deliciosa e saudável de aproveitar todos os benefícios que esta planta tem a oferecer.

A erva-mate na cultura brasileira

Você sabia que a planta erva-mate é um símbolo cultural brasileiro? Originária da América do Sul, essa planta não só dá vida ao famoso chimarrão, mas também ao revigorante chá-mate.

O chimarrão, mais do que uma bebida, é um ritual de amizade e hospitalidade. Compartilhado em uma roda de amigos ou família, ele conecta pessoas. Afinal, quem nunca se sentiu mais próximo de alguém ao passar a cuia?

Além disso, o chá-mate se destaca por seus benefícios à saúde. Rico em antioxidantes, ele combate os radicais livres, protegendo o corpo de diversas doenças.

Assim, a erva-mate transcende seu valor nutricional, tornando-se um elo cultural forte entre as pessoas. Ao mesmo tempo, oferece uma experiência única de sabor e bem-estar.

Chimarrão em tigela, colher e cuia de chimarrão, sob teecido em superfície de madeira
Fonte: Canva

Por isso, seja em um chimarrão entre amigos ou um chá-mate para revitalizar o dia, essa planta-erva é, sem dúvida, um tesouro nacional.

Erva-Mate São Mateus: autenticidade paranaense

No coração do Paraná, a Erva-mate São Mateus não é apenas um produto; é um emblema de tradição e qualidade reconhecida nacionalmente. Este produto, oriundo do Sul do Paraná, destaca-se por sua excelência, tendo conquistado o prestigioso reconhecimento de Indicação Geográfica (IG), um selo que atesta sua origem e autenticidade.

A seguir, uma curiosidade! Confira uma lista de outros produtos paranaenses agraciados com a IG, evidenciando a riqueza e diversidade da região:

Conclusão

Agora, você já sabe tudo sobre a erva-mate: história, antropologia, ciclo econômico, ciclo de vida, seus 7 benefícios medicinais e muito mais. Sendo assim, que tal descobrir agora sobre Resveratrol: para que serve e como consumir para emagrecer, melhorar a pele e o cabelo?

Ou então, você pode acessar nossa categoria de saúde para descobrir benefícios de outras plantas medicinais, não somente, como também de frutas, produtos específicos, nozes e etc. Aproveite!

Fonte: fashionbubbles

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.