Grupo do Whatsapp Cuiabá
Tecnologia

Estudo revela: buscadores deixam a desejar, entenda por quê

2024 word1
CRM Com Automação Canal Mídia

Você já teve a impressão de que está difícil achar as coisas na internet? Faz uma busca e, em vez de encontrar o que procura, recebe, além dos “resultados patrocinados”, um monte de links para páginas estranhas, cujo texto só enrola – e às vezes foi escrito por IA.

Não é mera impressão. Pesquisadores de três instituições alemãs publicaram um estudo (1) que comprovou o fenômeno. Eles passaram um ano fazendo e refazendo 7.392 buscas (o tema escolhido foi o review de ), e analisando os resultados.

A experiência foi realizada no Google, no Bing e no DuckDuckGo, e gerou ao todo 6,6 milhões de links. Ela mostrou que sites com conteúdo falso ou de baixa qualidade realmente conseguem enganar os buscadores – e vão subindo no ranking. Essas páginas ocuparam 25% dos resultados no Google, 38% no Bing e 46% no DuckDuckGo.

O estudo constatou que as ferramentas de busca tentam lutar contra isso, mas o efeito é temporário: depois de algum , as páginas-lixo voltam a frequentar as primeiras posições. Os reviews são visados pelos criadores dessas páginas porque ão dinheiro: quando você compra um produto usando o link que está num site, ele recebe uma comissão do lojista. 

Fonte 1. Is Google Getting Worse? A Longitudinal Investigation of SEO Spam in Search Engines. J Bevendorff e outros, 2024.

Fonte: abril

Sobre o autor

Avatar de Fábio Neves

Fábio Neves

Jornalista DRT 0003133/MT - O universo de cada um, se resume no tamanho do seu saber. Vamos ser a mudança que, queremos ver no Mundo