Grupo do Whatsapp Cuiabá
Política

PF e AGU unem forças ao centro de combate à desinformação do TSE liderado por Moraes

2024 word2
CRM Com Automação Canal Mídia

A partir da quarta-feira 3, mais duas instituições farão parte do Centro Integrado de Enfrentamento à Desinformação e Defesa da Democracia (Ciedde): Polícia e Advocacia-Geral da União.

Já são parceiros do Ciedde a Anatel, os Tribunais Regionais Eleitorais, o Ministé da , a Procuradoria-Geral da República e big techs.

o grupo é comandado pelo presidente da Corte, Alexandre de Moraes.

Durante um evento no TSE, representantes das duas instituições assinarão na sede do tribunal.

2024 word2
O presidente do TSE, Alexandre de Moraes, durante o lançamento do Ciedde, na Corte – 12/3/2024 | Foto: Cristyan /Revista

Na inauguração do Ciedde, em março, , que devem ser os mesmos celebrados amanhã pelos novos colaboradores do centro.

  • a) Implementar cooperação no âmbito administrativo;
  • b) Realizar o intercâmbio de informações e agilizar a entidades e plataformas de redes sociais, visando a “otimizar preventivas”, observadas as disposições da Lei n° 13.709/2018;
  • c) Cooperar na defesa da integridade do processo eleitoral e da confiabilidade do sistema eletrônico de votação, inclusive mediante a emissão de notas, pareceres e declarações públicas, conforme critério de conveniência e oportunidade;
  • d) Promover a cooperação entre a Justiça Eleitoral, órgãos públicos e entidades privadas, em especial as plataformas de redes sociais e serviços de mensageria privada, durante o período eleitoral, para garantir o cumprimento da Resolução no 23.610, de 18 de dezembro de 2019, com as alterações promovidas pela Resolução no 23.732, de 27 de fevereiro de 2024, inclusive auxiliando os Tribunais Regionais Eleitorais no aperfeiçoamento da regular utilização da inteligência artificial no âmbito eleitoral, o combate à “desinformação, o deepfake” e a à liberdade de escolha dos eleitores;
  • e) Cooperar na realização de cursos, seminários e estudos para a promoção de educação em cidadania, democracia, Justiça Eleitoral, direitos digitais e combate à desinformação eleitoral;
  • f) Cooperar na organização de campanhas publicitárias de educação contra a desinformação, “discursos de ódio e antidemocrático, e em defesa da democracia e da Justiça Eleitoral.

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.