Grupo do Whatsapp Cuiabá
Política

MP Eleitoral não identifica abuso de poder político em ações de Bolsonaro e Braga Netto

2024 word2

O Ministério Público (MP) Eleitoral não viu abuso de poder político e econômico na concessão de sociais por parte do então presidente Jair Bolsonaro, durante a disputa pelo Palácio do Planalto.

Em 2022, PT, PCdoB e PV acionaram o Judiciário contra Bolsonaro e seu candidato a vice, Braga Netto.

julgamento bolsonaro tse
O Presidente Do Tse, Alexandre De Moraes (À Esq), A Vice-Presidente Da Corte, Cármen Lúcia (Centro) E O Ministro Nunes Marques (À Dir), Durante A Abertura Do Julgamento Contra O Ex-Presidente Jair Bolsonaro – 29/06/2023 | Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

De acordo com as siglas de esquerda, Bolsonaro interviu pessoalmente nas iniciativas para ser reeleito, portanto, usando indevidamente o Estado.

“Não há elementos que permitam estimar, com precisão, número de pessoas concretamente beneficiadas e os valores efetivamente aplicados”, constatou o vice-procurador-geral eleitoral, Alexandre Espinosa Bravo Barbosa. “Tampouco há prova relevante de uma quebra de rotina administrativa nas ações adotadas, enquanto grande parte é obra do que, no contexto da campanha, recebeu uma abordagem cronologicamente vinculada ao processo eleitoral por parte da .”

O próximo passo do processo é ir a julgamento no plenário do Tribunal Superior Eleitoral, o que ainda não tem data para acontecer. Se houver condenação dos envolvidos, eles devem ficar inelegíveis por oito anos.

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.