Grupo do Whatsapp Cuiabá
Política

Governador pede anistia para invasores de 8 de janeiro e apela por paz no Brasil

2024 word2

Conteúdo/ODOC – O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (União), em entrevista ao site Poder360, de Brasília, defendeu a pacificação do Brasil com um ‘ponto ’ no episódio da invasão dos Poderes ocorrida no dia 8 de janeiro de 2023. Mendes entende que deveria haver anistia aos invasores e afirmou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tinha que ser o primeiro a levantar essa bandeira.

“Eu acho que tem que ter anistia sim, nós temos que pacificar o Brasil, sair dessa agenda: briga de A com B, de C com D. O presidente Lula já falou isso…eu acho que o presidente Lula tinha que ser o primeiro a levantar essa bandeira”, disse.

“Vamos botar um ponto final nesse 8 de janeiro, vamos tocar a vida em frente, vamos dar um exemplo na prática de que superamos essas diferenças, estamos unidos por um Brasil melhor. Um Brasil que possa – verdadeiramente – construir o futuro que nós queremos”, destacou.

“Eu acho que o presidente deveria defender a anistia. Seria uma demonstração daquilo que o próprio presidente Lula falou…que ia governar sem olhar para o passado, que ia governar sem rancor, que ia governar sem mágoa”, acrescentou o governador de Mato Grosso.

“Ele (Lula) disse várias vezes isso e, na prática, defender o fim dessa inquisição, com todo respeito ao ministro Alexandre, com todo respeito ao Supremo Tribunal, mas eu acho que é um equívoco fazer como estão fazendo. Erraram! Erraram, tinha que penalizar, tinha que penalizar, mas está exagerado na minha opinião. O 8 de janeiro foi um episódio trágico, lamentável e triste”, completou o governador.

:

Fonte: odocumento

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.