Grupo do Whatsapp Cuiabá
Política

Comissão da Câmara convoca Pimenta para falar sobre ação contra fake news no RS

2024 word1

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira, 14, quatro requerimentos com convite ao ministro da Secom, Paulo Pimenta, para prestar esclarecimentos quanto à investigação aberta na Polícia Federal (PF) sobre as “fake news” relacionadas às fortes enchentes que atingem o Rio Grande do Sul (RS).

Inicialmente, os requerimentos, que são de autoria de de oposição, pediam a convocação de Paulo Pimenta. Contudo, por acordo, a convocação foi convertida em convite. A ideia é que o ministro venha ao colegiado em 28 de maio.

Havia na pauta ainda quatro requerimentos com pedido de convocação do ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, pois Paulo Pimenta pediu ao ministro que a PF apure a disseminação de falsas. Contudo, os deputados devem se reunir na quarta-feira 15 com Lewandowski na sede da pasta para tratar do assunto.

o encontro não seja “satisfatório”, a CCJ deve apreciar um convite ao ministro. Os parlamentares da oposição falam em “tentativa de censura e perseguição de prefeitos e opositores” por meio do inquérito de fake news.

Um dos autores dos requerimentos, o deputado federal Paulo Bilynskyj (PL-SP) afirmou que Paulo Pimenta e Lewandowski abriram o inquérito na PF com o objetivo de “perseguir opositores que denunciaram na internet falhas e abusos do governo federal sobre a tragédia causada pelas chuvas no Rio Grande do Sul”.

“As ações do governo Lula e os áudios vazados do censor Paulo Pimenta demonstram claramente o crime de abuso de autoridade e uma tentativa de censura do cidadão e de parlamentares”, disse. “Ambos devem vir imediatamente à CCJ justificar os absurdos ocorridos.”

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.