Grupo do Whatsapp Cuiab√°
Notícias

Novas regras no Mato-grossense: torcedores n√£o podem levar instrumentos de bateria para apoiar seu time

2024 word2
CRM Com Automação Canal Mídia

2024 word2

O Juizado Especial do Torcedor, comandado pela ju√≠za Patr√≠cia Ceni, tem criado dificuldades para que torcidas organizadas acompanhem os de suas equipes com faixas e para incentivar suas equipes. Neste ano, as regras t√™m sido mais r√≠gidas e as autoriza√ß√Ķes s√£o barradas ou sequer analisadas.

Os of√≠cios com pedido de autoriza√ß√£o constam com os tipos de instrumentos e nomes completos e n√ļmero do documento de todos integrantes que tocar√£o. Eles ficam como respons√°vel se algum dos instrumentos ou acess√≥rios, por exemplo, ser arremessado no campo.

At√© o ano passado, os of√≠cios eram protocolados com at√© 24 horas de anteced√™ncia na Federacao Mato-grossense de Futebol e as autoriza√ß√Ķes concedidas.

Neste ano, os torcedores foram pagos de surpresa com a notícia de que os ofícios deve ser protocolados com 48 horas de antecedência.

‚ÄúNo nosso primeiro jogo em casa, contra o Luverdense, n√£o entramos com faixas ou bateria por conta do tempo. Ningu√©m avisou, n√£o houve um comunicado pr√©vio de que teria que ser com 48 horas de anteced√™ncia‚ÄĚ, relatou um dos l√≠deres da torcida organizada Boca Suja, Luiz Fernando, conhecido como Grilo.

Nos jogos seguintes do Mixto na Capital, contra Academia e Cuiabá, os ofícios foram protocolados no novo prazo estabelecido e deferido.

Já para o jogo contra o Araguaia realizado neste domingo (11), que o Mixto era visitante, o pedido foi protocolado na FMF no dia 7 de fevereiro, ou seja, quatro dias antes do jogo, já de olho na redução do expediente por conta do Carnaval. Mesmo , não houve por parte do Juizado. Com isso, os responsáveis pela organização do jogo barraram a entrada dos instrumentos.

‚ÄúFicamos sem entender. Cumprimos todas exig√™ncias dentro do prazo e fomos impedido de ter nossa batucada empurrando o time. Isso atrapalha tanto a torcida quanto reduz o incentivo aos nossos jogadores‚ÄĚ, lamentou Grilo. A dire√ß√£o da torcida informou que o presidente do Mixto tamb√©m protocolou of√≠cio semelhante no Juizado do Torcedor dentro do prazo estabelecido.

A diretoria da Boca Suja espera que na próxima quarta (14), contra o Dom Bosco às 19 horas, ocorra a liberação dos instrumentos e faixas da torcida. O ofício também foi protocolado dia 7, para haver tempo hábil de liberação, já que estamos no período de Carnaval.

‚ÄúPedem tanto para o torcedor ir aos jogos, mas est√£o tentando impedi-los de torcer. Futebol √© paix√£o, a torcida canta, vibra, incentiva e cobra o time. Mas aqui est√£o fazendo o contr√°rio e parecem que querem menos torcedores no estadio‚ÄĚ, lamentou o l√≠der da organizada.

Segundo informa√ß√Ķes, torcedores do Dom Bosco, Oper√°rio-VG e Cuiab√° v√™m enfrentando problemas semelhantes. As diretorias das equipes est√£o buscando uma forma de atuarem para garantir o uso de instrumentos por parte de suas torcidas nas partidas.

: odocumento

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.