Grupo do Whatsapp Cuiabá
Mundo

Jornalista financiada por George Soros é presença frequente nos encontros de Biden na Casa Branca

2024 word3
CRM Com Automação Canal Mídia

Uma investigação da Fox News divulgada nesta terça-feira, 2, revelou que a jornalista progressista visitou o presidente dos Estados Unidos, , na em quase 20 ocasiões ao longo dos últimos anos.

Tara é CEO da Good Information Inc., controladora do Courier Newsroom, um conglomerado de mídias de . Ela participou de várias reuniões individuais com os principais assessores da . O Courier é financiado pela Open Society Foundation, de .

Por exemplo, Tara se encontrou com Jordan Finkelstein, que estava servindo como chefe de gabinete de um dos principais conselheiros do presidente Biden, pelo menos seis vezes entre outubro de 2022 e outubro de 2023.

Patrick Stevenson, subassistente do presidente e assessor sênior de estratégia digital na Casa Branca, foi listado como um dos visitantes durante os encontros.

O envolvimento de Stevenson na equipe de governo levanta suspeitas sobre a possível coordenação entre a rede de mídia de Tara e a Casa Branca, devido ao foco do Courier Newsroom em engajamento nas redes sociais.

Apesar de suas publicações indicarem sua inclinação , o Courier Newsroom se classifica como uma “rede apartidária de notícias”. 

Além disso, a jornalista se encontrou com Madeline Strasser e Nina Srivastava, ambas ex-assessores de Ron Klain, chefe de gabinete da Casa Branca. As visitas ocorreram entre abril e agosto de 2022.

Há uma foto de Tara ao lado do presidente Biden e da primeira-dama Jill Biden em seu Instagram, mas a não pôde ser confirmada pela Fox News. Ela também já trabalhou nas campanhas de Obama e Clinton.

biden
Rede De Notícias Afirmou Que Biden Não Recebe ‘Crédito Suficiente’ Por ‘Abraçar Novos Modelos De Jornalismo’ | Foto: Reuters/Jonathan Ernst

O acesso de Tara à Casa Branca rendeu frutos. O Courier Newsroom conseguiu uma entrevista exclusiva com o presidente no final do ano passado.

“A Casa Branca convidou o Courier para uma entrevista exclusiva com o Presidente nos bastidores depois de seu comício na fábrica de automóveis Stellantis Belvidere em Illinois neste outono”, escreveu o veículo, em seu relatório de fim de ano. “Um de nossos correspondentes sociais nacionais teve a oportunidade de conversar com o Biden sobre empregos e trabalhadores, compartilhando imagens de vídeo exclusivas com nossos públicos em TikTok, Instagram, X e outros canais.”

A entrevista de Biden com o Courier News parece ter acontecido em 9 de novembro e foi compartilhada no TikTok em 13 de novembro. Os registros da Casa Branca mostram que a jornalista visitou a Casa Branca com Stevenson, o principal assessor digital, um dia  depois da entrevista ser postada no TikTok.

De acordo com o relatório do veículo, “a administração Biden não recebe crédito suficiente pelo quão profundamente e estrategicamente começaram a abraçar novos modelos de mídia, jornalismo e influenciadores sociais para transmitir sua mensagem a públicos que não são mais alcançados pelo corpo de imprensa tradicional”.

O Courier Newsroom realizou uma campanha publicitária significativa para impulsionar políticos democratas durante as eleições de 2020. O veículo também recebeu apoio financeiro significativo de megadoadores, incluindo a Open Society Foundation, que contribuiu com grandes quantias de dinheiro para suas operações.

Por exemplo, o Fund for Policy Reform, uma organização sem fins lucrativos na rede Soros, concedeu três subsídios ao Courier Newsroom totalizando US$ 5 milhões em 2021 e 2022. Esses subsídios foram destinados a apoiar o jornalismo “não partidário” do Courier Newsroom.

À Fox News, a Open Society Foundation defendeu seu apoio financeiro ao Courier Newsroom.  “A Open Society tem orgulho de estar entre vários financiadores que apoiam o Courier Newsroom, que está respondendo ao desaparecimento de tantas organizações de notícias locais confiáveis em todo os Estados Unidos para fornecer jornalismo local de qualidade, orientado por valores, e para atender aos leitores onde eles estão — online”.

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.