Grupo do Whatsapp Cuiabá
Mundo

George Clooney insta Joe Biden a não concorrer à reeleição nas próximas eleições.

2024 word1

George Clooney, ator de e arrecadador de fundos para o , pediu que Joe Biden, atual presidente dos Estados Unidos, desista de sua campanha de reeleição. Em um artigo de opinião no nesta -feira, 10, Clooney afirmou que Biden está velho demais para concorrer novamente.

“O tempo é a única batalha que ele não pode vencer”, escreveu Clooney. “É devastador dizer isso, mas o Joe Biden que encontrei há três semanas na arrecadação de fundos não é o mesmo Biden de 2010, nem de 2020. Ele era o mesmo homem que todos vimos no debate.”

No mês passado, Clooney organizou uma arrecadação de fundos que gerou US$ 28 milhões para Joe Biden, considerada a maior já realizada para um candidato democrata. Mesmo assim, Clooney é o mais proeminente no partido a pedir que Biden encerre sua campanha.

A arrecadação de fundos foi planejada em torno da agenda de Clooney, forçando Biden a viajar rapidamente do G7 na Itália para a Califórnia e de volta a Washington. Biden atribuiu seu desempenho letárgico no debate ao jet lag dessa viagem.

Posicionamentos no partido Democrata sobre Joe Biden

Poucas horas antes do artigo de Clooney ser publicado, Nancy Pelosi, ex-presidente da Câmara dos Deputados, disse em entrevista que “cabe ao presidente decidir se vai concorrer”. Joe Biden e seus assessores continuam afirmando que ele permanecerá na disputa.

Clooney escreveu no que muitos democratas compartilham sua opinião em privado. “Não vamos vencer em novembro com esse presidente”, disse.

“Não ganharemos a Câmara e perderemos o Senado”, afirmou o ator. Essa é a opinião de todos os senadores, membros do Congresso e governadores com quem conversei em particular.”

A declaração de Clooney ocorre depois de Biden conseguir algum apoio dentro do partido, mas com a sugestão de Pelosi e a opinião de um doador influente como Clooney, novas questões surgem sobre a viabilidade da candidatura de Biden.

Críticas anteriores de Clooney a Biden

Antes da arrecadação de fundos, Clooney criticou Biden por sua posição sobre o Tribunal Penal Internacional e a guerra em Gaza, assunto do qual sua esposa, Amal Clooney, é advogada de humanos.

Além de Clooney, outros famosos como Rob Reiner, Stephen King e Michael Moore também pediram que Biden ceda seu lugar na corrida eleitoral. Lauren Hitt, -voz da campanha de Biden, direcionou perguntas sobre o artigo de Clooney aos democratas do Congresso, que reafirmaram que Biden permanecerá na disputa.

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.