Grupo do Whatsapp Cuiabá
Eventos

Irmãos formam banda nostálgica que une gerações com amor pela música

2024 word3
CRM Com Automação Canal Mídia

Os irmãos Ana Dutra, de 30 anos, e João Mateus, de 29, resolveram unir os talentos musicais. Juntos, criaram a banda American Radio e encantam eventos com sucessos do pop internacional e flashback em Campo Grande. O talento musical vem de berço. 

WhatsApp Image 2024 04 01 at 14.52.23 3
Ana Cantando E Tocando Guitarra; E João Também No Vocal E No Cajon. (Foto: Arquivo Pessoal)

“Desde que eu me conheço por gente, a música tá na minha vida. Minha família é extremamente musical, é muito religiosa, todo mundo envolvido com música, não no sentido profissional, mas em todos os encontros da minha família, por parte de mãe, estão rodeados por música”. 

Ana Dutra

No repertório das reuniões, os irmãos escutavam de Alcione a Djavan. Uma das lembranças de Ana foi quando um tio levou violão e timba, um tambor brasileiro, para o aniversário da avó. A cantoria no dia foi boa!

WhatsApp Image 2024 04 01 at 14.35.57
Dona Edite Maria, Mãe Dos Músicos, E O Tio Edgar José, Que Vivia Tocando Para A Família. (Foto: Arquivo Pessoal)

“A gente cresceu vendo meus tios cantando, tocando, dançando, fazendo a maior bagunça, e  eu fui despertando esse desejo por conhecer mais um instrumento. Eu comecei primeiro, por incrível que pareça, tocando timba. Eu sempre tive muito esse senso de ritmo, né? Então eu comecei tocando timba casa mesmo, com meus tios, tias. E em casa, vendo a minha mãe tocando violão, aprendendo música nova, música da igreja, foi que eu comecei a tomar o interesse pelo violão”, conta Ana.

Apesar de ter feito aulas de violão, Ana queria mesmo era aprender o instrumento com o tio. “Ele é um mestre da minha visão, ele é o meu maior ídolo musical. Ele toca de tudo, tudo quanto a instrumento, faz questão de ensinar,  sempre tá muito aberto a ensinar, participar. Então ele sempre foi uma grande inspiração, tanto pra mim quanto para o meu irmão. Ele e minha mãe. Só que cantar, cantar mesmo, foi uma coisa que demorou um pouquinho mais pra mim pra acontecer”, recorda.  

A mãe e o tio incentivaram Ana e João a cantarem na igreja como eles. “Formamos um grupo. Meu tio tocando baixo, um amigo da família no violão, eu também, meu irmão no cajon, minha mãe e minha tia cantando. Sempre participava das missas, envolvido com a igreja. Ali foi onde eu mais aprendi sobre música, improviso e comprometimento”, afirma Ana.

WhatsApp Image 2024 04 01 at 14.52.23 4
João Tocando Cajon Ao Lado Da Mãe Cantora. (Foto: Arquivo Pessoal)

O canto para Ana sempre foi algo mais desafiador, pois vivia se cobrando muito e nunca conseguia soltar o vozeirão. João, em casa, pedia para a irmã se soltar. Após sair da igreja, ela decidiu seguir seu caminho profissional: “Sempre gostei de música internacional, ouvia muito Beyoncé, , Britney, e queria saber e entender o que eles cantavam. Minha tia começou a pagar curso de inglês pra mim. Foi a cereja do bolo”.

Ana se formou em Letras e embarcou ainda na área da Educação. Porém, ela sentia saudade da música. Voltou a fazer aulas de violão e de guitarra. Nesse meio tempo, fez aulas de . Aliás, foi esse ritmo que abriu o coração de Ana para cantar. 

Na época, conheceu um amigo que a convidou para montar uma banda de forró. “Fui pra zabumba do nada”, brinca Ana. Ali, começou a arriscar cantar e não parou mais. 

Para quem sofria por ter vergonha de cantar, esbanja talento e deixa todo mundo de queixo caído, né, Ana? 

WhatsApp Image 2024 04 01 at 14.52.23
João E Ana, Inseparáveis. (Foto: Arquivo Pessoal)

A American Radio, ao lado do irmão João, é a paixão da vida de Ana. “É o que eu e meu irmão amamos: música pop, tudo o que a gente cresceu ouvindo”, completa a cantora, que segue despertando a nostalgia na plateia. 

Para João, seguir na música ao lado da irmã demorou, mas concretizar o que tanto desejaram é mais do que satisfatório.

“Sempre fazíamos um som juntos. Só que o tempo foi passando e acabamos nos distanciando, por conta da correria da vida, mas nunca deixamos a música. Eu acabei tocando com vários artistas da cidade, e ela tocando com outras pessoas também. Até que o tempo nos uniu de novo! Estamos muito felizes em fazer isso. Tocar o que a gente sempre curtiu e escutou. É como realizar o nosso sonho de ”, diz João.

Assista um vídeo dos irmãos tocando “I Will Survive”, grande sucesso de Gloria Gaynor:

No dia 5 de abril tem show da banda American Radio tocando sucessos de Amy Winehouse e Alanis Morissete na rua Dom Lustosa, 214 – Seminário.

Fonte: primeirapagina

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.