Grupo do Whatsapp Cuiabá
Economia

Pesquisa revela: Apenas 34% dos brasileiros estão satisfeitos com a economia nacional

2024 word3
CRM Com Automação Canal Mídia

Pesquisa do Ipsos, divulgada em ço último, revelou que apenas 34% dos brasileiros estão satisfeitos com a economia do ís. O índice está abaixo da média global de 40%. Tal insatisfação ocorre em um momento no qual o governo busca reduzir o maior déficit primário desde novembro de 2020, por meio de aumento da arrecadação.

Um consenso entre os economistas é o de que o rombo nas contas públicas, que em 2023 atingiu um patamar recorde em mais de três anos, tem sido determinante para impedir um crescimento sustentável. Em 2023, tal déficit chegou a 249,1 bilhões, o que equivale a 2,29% do Produto Interno Bruto (PIB), segundo o Banco Central.

Na opinião do professor Paulo Azevedo, de Finanças e Economia do em São Paulo, um dos fatores que influenciam nos índices de descontentamento da população tem a ver com o aspecto político.

Para ele, os que apoiam a oposição mantêm um discurso preconcebido de à condução do governo. No entanto, ele destaca que o índice também inclui aqueles que, tendo apoiado o próprio governo, estão frustrados.

“Existe a parcela formada pelas próprias pessoas que apoiaram o atual”, diz o professor. Segundo ele, essas pessoas “estavam achando que talvez fossem resolvidos muitos problemas pelos quais tinham passado e, depois, perceberam que a solução das coisas talvez não seja tão fácil.”

Aspectos como a projeção ainda baixa para o Produto Interno Bruto (PIB), em torno de 2%, mesmo com um desemprego relativamente baixo, demonstram que a economia não está aquecida, segundo Azevedo.

“Não é o crescimento que seria o ideal para um país, então esses vários fatores podem trazer essa impressão de que o governo não está sendo satisfatório, que a economia não está reagindo da forma esperada.”

gera risco de inflação

Índices economiaÍndices economia
Inflação tem relação com o aumento da pública | Foto: Reprodução/Pixabay

Estudos sobre economia garantem que esta dívida pública gera insegurança para os investidores, o que os desestimula a manter os recursos no país.

Isso enfraquece a economia, com redução de empregos, produção e renda. Além, é claro, de um aumento do risco de inflação, por causa da maior emissão de moeda para cobrir o gasto público.

A pesquisa, denominada Global Happiness 2024, informou que as nações com maior satisfação em relação à economia são Índia (81%), Singapura (68%) e Indonésia (61%). Na parte de baixo do ranking estão Argentina (16%), Hungria (19%) e Japão (21%).

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.