Grupo do Whatsapp Cuiabá
Mundo

Brasileira condenada por tráfico na Tailândia é perdoada e fica livre de multa real

2024 word2
CRM Com Automação Canal Mídia

Mary Hellen Coelho da , uma brasileira de 24 anos, recebeu perdão real na Tailândia. Em fevereiro de 2022, ela foi presa ao desembarcar no Aeroporto de Bancoc com 15,5 kg de cocaína. Outros dois brasileiros também foram detidos no mesmo dia por semelhantes. 

+

A jovem, natural de (MG), foi sentenciada em maio daquele ano a nove anos e seis meses de prisão. Além disso, a brasileira teria de pagar uma multa de 750 mil baht, o que corresponde a cerca de R$ 105 mil.

O perdão real, concedido pelo rei Maha Vajiralongkorn, é uma prática comum tanto para tailandeses quanto para estrangeiros. Esse benefício isentou Mary do pagamento da multa, conhecida localmente como pena civil. 

Contudo, a pena de prisão permanece inalterada. A brasileira já cumpriu dois dos nove anos de reclusão a que foi condenada. 

Segundo o jornal , ela admitiu a culpa durante o julgamento, o que lhe permitiu uma redução na pena. Entretanto, a defesa não esclareceu se ela nega o crime. 

Mary foi informada do perdão da multa em abril deste ano. Sem esse benefício, a não quitação da multa poderia resultar em mais dois anos de prisão.

A advogada da brasileira, Kaelly Cavoli Moreira, disse ao portal g1 que o bom comportamento da detenta foi um fator crucial para o pedido de perdão. 

“Ela cumpre a pena de maneira exímia, não apresenta mau comportamento”, afirmou Moreira ao g1. “Por causa desse bom comportamento e por ela não ser dada a prática de crimes no Brasil, levamos esse pedido de perdão da multa à Tailândia.”

O Itamaraty, por meio da Embaixada do Brasil em Bancoc, declarou que “acompanha o caso desde 2022 e presta assistência consular devida à cidadã brasileira detida”.

Antes de sua prisão, Mary trabalhava em uma churrascaria. Ela havia solicitado demissão pouco antes de viajar para a Tailândia. 

A família da jovem só soube de sua presença no país asiático ao receber uma mensagem dela, que pedia ajuda.

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.