Grupo do Whatsapp Cuiabá
Política

Prefeito de Farroupilha ‘enfrenta’ ministro de Lula após exclusão da cidade do RS do decreto de calamidade

2024 word2

O governo do Rio Grande do Sul publicou, nesta segunda-feira, 13, um novo decreto que exclui (RS) da de cidades em estado de calamidade pública.

Na última quinta-feira, 9, , Paulo Pimenta, e cobrou o envio de públicos para sua cidade. O petista acusou o prefeito de tentar “lacrar na internet”.

Em nota, a Prefeitura de informou que está em contato com a Defesa Civil estadual e nacional para entender a situação. O município afirmou que vai recorrer do posicionamento. 

“A prefeitura reforça que as informações prestadas conforme os critérios estabelecidos comprovam que o estado de calamidade se mantém inalterado em função de diversos danos provocados na cidade e no interior”, informou a Prefeitura de Farroupilha.

Em resposta, a administração do município de Farroupilha publicou, na manhã desta terça-feira, 14, uma edição extra no Diário Oficial da cidade que reafirma estado de calamidade pública em Farroupilha.

Mesmo com a retirada por parte do Estado, as equipes que integram o Comitê de Crise do município continuam a alimentar o sistema da Defesa Civil do Estado do Rio Grande do Sul com as informações. 

Além disso, a prefeitura segue os critérios estabelecidos que comprovam o estado de calamidade. “Como, por exemplo, a interdição de pontes entre comunidades do interior e rachaduras encontradas na estrada Salto Ventoso”, afirmou a administração do município de Farroupilha. 

As classificações de calamidade e emergência permitem repasses federais para a reconstrução das cidades. O estado de emergência implica capacidade parcial de reparação dos danos, enquanto calamidade indica comprometimento substancial dessa capacidade. 

Fonte: revistaoeste

Sobre o autor

Avatar de Redação

Redação

Estamos empenhados em estabelecer uma comunidade ativa e solidária que possa impulsionar mudanças positivas na sociedade.